Na plateia do mundo

7 de agosto de 2017

O teatro, assim como outras manifestações artísticas, não tem sentido sem o público. Além do público comum que assiste as peças, as montagens necessitam de um olhar exterior mais fundamentado e analítico, a apontar seus acertos, eventuais desacertos e sugerir caminhos. Sábato Magaldi, crítico teatral de primeira linha, foi um dos brasileiros que melhor exerceu este ofício. Ao longo de sua vida, assistiu a um número impressionante de peças teatrais e musicais.

Na plateia do mundo traz um conjunto expressivo dos textos para jornais que Sábato escreveu sobre as montagens internacionais que teve a oportunidade de ver no exterior e no Brasil. Organizado por Edla van Steen, sua esposa e companheira de uma vida inteira dedicada ao teatro, este livro traça de forma admirável um panorama de grande amplitude e profundidade sobre o teatro realizado fora do Brasil a partir dos anos 1950.