» Leia mais"/> » Leia mais">

Fernando Jordão

Jornalista desde 1957, Fernando Pacheco Jordão era funcionário da TV Globo e diretor cultural do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo na ocasião da morte de Vladimir Herzog em 25 de outubro de 1975. Trabalhou no jornal O Estado de S. Paulo, TV Excelsior, BBC de Londres, TV Cultura de São Paulo e nas revistas Istoé e Veja. Foi assessor de imprensa nas campanhas dos governadores Mário Covas e Geraldo Alkmin. É sócio-diretor da FPJ – Fato, Pesquisa e Jornalismo. Pela Global Editora tem publicado a obra Dossiê Herzog.

Livros em destaque