Luís de Camões

19 de abril de 2018

Nasceu provavelmente em 1524 e morreu em 1580, em Lisboa. Soldado e poeta, viveu uma vida plena de aventuras a serviço do reino português, batendo-se contra mouros, beduínos e outros inimigos da coroa. Frequentou a corte de D. João III, onde, conta-se, fazia muito sucesso entre as mulheres. Viajante emérito seguiu para o Marrocos, onde perdeu o olho direito numa batalha contra os mouros.

 

Na costa da Conchinchina, seu navio naufragou e Camões perdeu a companheira Dinamene, mas conseguiu salvar os originais de seu futuramente épico Os Lusíadas. Usou seu enorme talento poético para relatar sua experiência como amante e aventureiro. Escreveu Os Lusíadas, poema-símbolo da língua portuguesa que relata a grande saga dos descobrimentos. Ficou célebre também pelos seus sonetos, considerados obras-primas do gênero pelo apuro poético e rigor da métrica.